Entenda o que é uma startup e conheça 4 dicas de como começar a testar um projeto
23 de julho de 2018
Quando o desenvolvimento pessoal influencia na carreira empreendedora?
11 de fevereiro de 2019

Na Era do Empreendedorismo, o maior problema é o das pessoas não levarem em consideração todo o esforço e o dinheiro que necessitam para obterem bons resultados, sendo que o principal foco sempre fica mais no resultado que espera do que no caminho que deve ser percorrido.

Assim, consequentemente, quando se adota um mindset incorreto a pessoa configura a sua mente de uma forma que irá tomar apenas ações que não fazem sentido com as suas metas empreendedoras, dando somente subsídios para alimentar ilusões e causar decepções.

Por isso, antes de você conhecer mais sobre os conceitos técnicos do empreendedorismo, é fundamental que você entenda sobre o seu mindset atual, além de como você pode progredir com ele e como isso irá afetar a forma como você enfrenta os desafios nesta caminhada para empreender.

Conheça tudo sobre a Era do Empreendedorismo e saiba se você está preparado para empreender

Ao longo deste artigo sobre a Era do Empreendedorismo, você irá conhecer diversas definições importantes, sendo que estas se encontram divididas em duas categorias, ou seja, em aprendizado e financeiro, os quais são relevantes antes de você começar a empreender. Confira tudo abaixo!

Mindset de Aprendizado

Segundo alguns psicólogos e estudos, a força das crenças das pessoas, sejam conscientes ou inconscientes, e com uma alteração simples pode acabar ocasionando em enormes impactos em praticamente todos os aspectos na vida.

Mindset Fixo

Em relação ao mindset fixo, este se encontra presente quando uma pessoa tem a crença no seu caráter, criatividade e inteligência, os quais são praticamente inerentes desde quando nascem e que não podem ser mudados de forma significativa ao longo da vida.

Mindset de Crescimento

Quanto ao mindset de crescimento, este foca mais no aprendizado contínuo, ou seja, no entendimento de que a inteligência, criatividade e outras capacidades podem sempre serem cultivadas por meio da prática.

Mindset Financeiro

Da mesma forma como o mindset de aprendizado, o financeiro se divide também em duas categorias, o de escassez e o de abundância. Confira abaixo detalhadamente cada um!

Mindset de Escassez

Aqueles que se encontram no mindset de escassez, acabam vendo o corpo como um vazio, sendo que tal comportamento se encontra relacionado com o tempo conservadorismo, acomodação e pessimismo frente ao desconhecido.

Mindset de Abundância

No mindset de abundância as pessoas imaginam um ambiente onde tem mais do que o suficiente para todos, onde nunca irá faltar oportunidades para que as coisas possam prosperar.

Assim, as pessoas que conseguem colocarem em prática tal pensamento, podem criarem um ambiente de sucesso e de confiança, sendo que se encontram prontas para superar desafios. Nesse caso, é esperado um ambiente que seja de alta performance e colaboração.

Confira como os tipos de mindset podem se combinarem

  • Matriz de combinação dos mindsets

A matriz de combinação dos mindsets junta dois conceitos diferentes de mindset, sendo que tal combinação pode proporcionar mais clareza sobre como as pessoas se comportam em certas situações e, por isso, elas são sempre apresentadas de maneira inédita.

  • Fixo x Escassez: o empreendedor de papel

Normalmente, o financiamento inicial de qualquer empreendimento é conhecido como bootstrapping, ou seja, é o dinheiro próprio do empreendedor para que seja alcançando os primeiros passos.

Assim, nos fixos e escassos, tal ideia sempre aparece como surreal, pois é visto um ambiente externo de muita incerteza e escassez, além de não estarem dispostos a correrem riscos com os seus dinheiros.

  • Fixo x Abundância: o empreendedor tradicional

Neste caso, o empreendedor procura pensar no sucesso e como ter retorno sobre os seus investimentos. No entanto, quando é confrontado com um mindset fixo, ele não se encontra disposto para mudar o tempo todo no seu caminho de aprendizado.

  • Crescimento x Escassez: o empreendedor de startup

Nesse, os desafios são conhecidos como “core” do empreendedor de startups, além de como se vive frente a termos de recursos financeiros existentes.

Geralmente, o empreendedor de startup procura aprender a toda hora e também a imaginar soluções com pouco recursos, sendo que o controle dos custos e das despesas deste empreendedor se encontra presente a todo momento.

  • Crescimento x Abundância: o empreendedor de scale-up

Conhecido como sendo mais madura do que a startup, o empreendedor de scale-up mitiga diversos riscos ao longo da sua caminhada, se convencendo de que investidos já embarcaram no projeto.

Mesmo continuando em aprender e inovar, ele possui uma situação diferente de abundância de capital e a necessidade de investir tal quantidade no seu empreendimento para poder garantir que tal ciclo de crescimento não irá acabar.

Você está preparado para empreender?

Atualmente, qualquer objetivo quando é colocando em um papel ou em uma planilha, possui grandes chances de ser concretizado, porém, é preciso que você sempre esteja preparado para empreender.

Geralmente, no âmbito dos negócios, a palavra empreender é relacionada com a criação de empresas e de produtos a partir de uma ideia que seja extremamente inovadora. Com isso, confira abaixo alguns pontos importantes que você deve saber para estar preparado para empreender!

  1. Planejamento Estratégico Pessoal

Se você nunca pensou em ter um planejamento estratégico pessoal ou PEP, saiba que este é conhecido como se fosse um plano de vida a partir da autoanálise sincera, ou seja, capaz de reconhecer a essência que se encontra alinhada com a sua missão pessoal.

Mesmo que tal ideia venha a parecer ser estranha, a lógica usada pelos empreendimentos para a avaliação dos seus ambientes, forças e fraquezas, e com isso, para que consigam se estruturarem futuramente, deve ser usado pelas pessoas físicas.

A principal lógica do planejamento estratégico, quando se pensa no ambiente corporativo, tem passado por algumas evoluções, tanto no escopo e na profundidade, como também no tempo da sua previsão, onde o cenário se encontra muito complexo e rápido nos dias atuais, além de inovações constantes.

  1. Valores, Propósito e Rede

Para que você entenda o que venha a ser sucesso para você, é fundamental ter clareza em quais são os seus valores, além do seu propósito de vida e a rede de pessoas que você realmente pode contar.

  1. Análise SWOT de si próprio

Ao decidir fazer um Planejamento Estratégico Pessoal, é necessário que você também perceba as suas próprias capacidades, refletindo sobre os seus aspectos externos e internos para habilitar no seu desenvolvimento.

Assim, é preciso ter clareza na análise de pontos fortes e fracos, nas oportunidades e ameaças, isto é, realizar uma análise SWOT para conseguir concretizar o Plano de Ações.

É bastante comum que uma das principais dificuldades de empreender seja a realização de uma autoanálise sincera de si próprio e, com isso, começar a caminhada para o Planejamento Estratégico Pessoa.

Normalmente, todas as pessoas possuem pontos fortes e fracos, onde ao decorrer da caminhada, na medida que se deparam com os desafios e as alegrias, estes mesmos pontos podem ser acionados de duas formas, como:

  • Aceitar e agir tendo como base nesse conhecimento;
  • Recusar e evitar o confronto com certa característica.

Provavelmente, o ponto forte quando é conhecido, irá sempre proporcionar vantagens mais competitivas para carreira de qualquer indivíduo, mas, os pontos fracos são considerados mais complexos de serem identificados e aceitos.

  1. Plano de Ação do PEP

Se você já definiu os seus valores, o propósito de vida, a rede de pessoas que deseja contar e realizou a análise SWOT de si próprio, então é o momento de você consolidar tais fatores no que irá leva-lo efetivamente até o alcance do sucesso.

  1. Monitoramento e celebração dos indicadores

Após o seu PEP estar pronto, você necessita saber se está indo no caminho correto. Por isso, o tripé pessoal + profissional + financeiro deve ser fundamentado na sua jornada de realizações e cumprimento de missão pessoal e profissional, além da busca do constante equilíbrio.

Mesmo que isso não seja uma tarefa fácil, saiba que isso é algo que sempre deve ser visto como uma caminhada de acertos e de erros para o alcance de uma melhoria contínua.

Portanto, atualmente é preciso estar preparado para empreender, onde tal metodologia apresentada acima, muito usada por empresas e pessoas do mundo todo, procura atuar na intenção de acelerar os resultados, isto é, de trazer para o presente os objetivos e metas futuros e realizar agora incríveis avanços.

 

Você tem desejo de empreender?

Baixe agora mesmo o nosso E-Book Empreenda com Sucesso e descubra como tirar àquela sua ideia do papel e começar um novo negócio!

Comentários

Tiago Rodrigues
Tiago Rodrigues
Tiago Rodrigues é CEO da EconoInvest, especialista em Desenvolvimento Pessoal, Novos Negócios e Investimentos. Administrador, Pós Graduando em Finanças Corporativas & Investment Banking pela FIA - Fundação Instituto de Administração, Especialista em Empreendedorismo pelo INSPER, Professional Coach pela SBCoaching, Especialista em Novos Negócios pela Fundação Getúlio Vargas e pelo SEBRAE SP.

Os comentários estão encerrados.

Baixe agora Ebook Baixe agora Ebook Baixe agora Ebook Baixe agora Ebook